Epidemiologia das Arboviroses

1 – Generalidades – os arbovírus circulam no ambiente natural através de ciclos simples e complexos onde coexistem numerosas espécies de vertebrados selváticos e de artrópodes hematófagos que funcionam transmitindo o vírus entre esses animais. Os vírus transmitidos através de artrópodes e por roedores se distribuem apenas em regiões restritas onde coexistem seus reservatórios e […]

Epidemiologia das Arboencefalites

1 – Introdução – embora existam mais de 700 arbovírus identificados em todo o mundo, somente 537 tinham sido registrados até o final de 1.994; e desses apenas alguns pertencentes às famílias, Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae e Retroviridae, são causadores de encefalites endêmica ou epidêmica (quadro 01). Um grande número de artrópodes tem sido relacionado com[…..]

Epidemiologia da Hipertensão Arterial

1 – Pressão Arterial: 1.1 – Uma Breve Introdução – a pressão arterial (PA) é a força executada pelo coração e exercida pelo sangue em circulação na parede interna das artérias. Tensão arterial é a resistência que ocorre na parede das artérias contrária a pressão correspondente; por isso, a pressão e tensão se equivalem, pois[…..]

Epidemiologia da Hepatite B

1 – Introdução – a primeira referência sobre a icterícia infecciosa foi feita pela Escola Hipocrática nos séculos V a IV a.C. Entretanto, a civilização babilônica registrou a ocorrência de doença ictérica no Talmude (do hebráico, talmud, “estudo, ensino”) – doutrina e jurisprudência da lei mosaica com explicações dos textos jurídicos do Pentateuco e da[…..]

Epidemiologia da Esquistossomose

1 – Distribuição Geográfica – no território brasileiro a esquistossomose mansônica é endêmica numa faixa contínua de alta e baixa endemicidade que se inicia no Rio Grande do Norte, passando pelo litoral, mata úmida e parte do Agreste da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, estendendo-se por grande parte da Bahia e Minas Gerais. Existem áreas[…..]